Minas Gerais: Uberaba vai receber sua primeira usina de açúcar e álcool

Belo Horizonte/MG
 

O Governo de Minas Gerais e os diretores da Usina Uberaba S/A assinaram nesta segunda-feira (20), em Belo Horizonte, o protocolo de intenções para a instalação da primeira usina de açúcar e álcool em Uberaba, no Triângulo Mineiro (foto). Com investimentos da ordem de R$ 153,9 milhões e geração de 4.750 empregos diretos e indiretos, sendo que a primeira safra, de 900 mil toneladas deverá ocorrer em 2008.

Em 2009, a moagem será de 1,3 milhão de toneladas e, em 2010, de 1,6 milhão para produzir 155 milhões de litros de álcool hidratado. O açúcar passará a ser produzido na fase seguinte.

De acordo com o protocolo, a Usina Uberaba promoverá o treinamento e capacitação de funcionários, prioritariamente da cidade e da região, para atuar nos processos industrial e de desenvolvimento de tecnologias. Ainda de acordo com o documento, a meta dos empresários é ampliar a oferta de novos produtos.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Minas, Wilson Nélio Brumer, esse novo empreendimento é uma prova da consolidação de Minas e do Triângulo Mineiro como pólo sucro-alcooleiro. "Os investimentos que estão sendo feitos no Triangulo farão com que, muito em breve, Minas se torne o segundo estado produtor de açúcar e álcool do País", afirmou.

Brumer lembrou que existem, em Minas, outros 22 projetos de implantação ou ampliação de usinas sucro-alcooleiras, com investimentos superiores a R$ 1,75 bilhão.

O secretário de Desenvolvimento Social e Esportes, Marcos Monte, que participou do ato de assinatura do protocolo, lembrou que Uberaba tem se preparado nas últimas décadas para receber investimentos, tanto em termos de infra-estrutura e preparação de mão-de-obra, quanto na melhoria da qualidade de vida. Pela Usina Uberaba, assinaram os diretores José Roberto Martinelli e Nelson Antônio Balbo.Novas tecnologias

O objetivo da Usina Uberaba é a implantação de uma indústria alcooleira moderna, para operar com elevados índices de eficiência. Para alcançar essa meta foram considerados aspectos ambientais para que o sistema opere com baixo consumo de água e baixos índices de poluição.

O projeto consiste em receber a cana no pátio da usina e enviar para o setor de extração de caldo, onde ela será moída para a obtenção do caldo e do bagaço. Esse subproduto será transportado para a geração de vapor, mediante a queima nas caldeiras. O vapor é utilizado em turbinas para acionar equipamentos de extração de caldo e gerar energia elétrica.

O caldo segue para tratamento e concentração. Depois de limpo, ele é enviado para a destilaria. Com o mel e a água, que compõem o mosto, promovem a fermentação nas dornas. Em seguida, o vinho bruto é centrifugado, separando o fermento, que será tratado, e retorna para as dornas. O vinho centrifugado é enviado para os aparelhos de destilação onde se obtêm o álcool.

Cuidando dos aspectos ambientais, todas as águas de resfriamento e condensação de vapor trabalham em circuito fechado, utilizando torres de resfriamento.O Grupo

Uma tradição de quase 60 anos no setor de produção de cana, açúcar e álcool vem na bagagem das empresas acionistas da Usina Uberaba S/A. A Organização Balbo, de Sertãozinho, iniciou suas atividades em 1947, com a Usina Santo Antônio. Dez anos depois, adquiriu a Usina São Francisco.

Em 1998, começou a atividade com produtos orgânicos – açúcar, soja, laranja e café – através da Native Produtos Orgânicos Ltda. Dois anos depois, se associou à PHB Industrial S.A., fabricante do plástico biodegradável, para o desenvolvimento e comercialização de biopolímeros e compósitos advindo do açúcar da cana. No mesmo ano, foi fundada a empresa Bioenergia Cogeradora S.A para a produção e comercialização de energia elétrica e vapor.

Também fazem parte do grupo a Caldepar Empreendimentos e Participações Ltda., que produz caldeiras, componentes e equipamentos industriais em geral para usinas, e a ML4 Participações Ltda., que tem como atividade principal a pecuária.

Anúncios

Um comentário sobre “Minas Gerais: Uberaba vai receber sua primeira usina de açúcar e álcool

  1. Benvinda Maria de Sousa disse:

    gostaria de pedir a vcs q envie envie algum comentario sobre esta usina p/ ariane luiza silva q é graduada em enfermagem e deseja conhecer esta usina. obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s