Um Processo de Inovação

Um Processo de Inovação

Publicado em 06/07/2008 por Luiz de Paiva

A inovação é a base do empreendedorismo. Idéias diferentes são o que
fazem surgirem os melhores produtos e serviços para os consumidores, e
levam empreendedores a atingir seus sonhos nos negócios.

Ainda assim, o excesso de idéias pode ser também um empecilho para o
crescimento da empresa. O equilíbrio entre inovação e execução é um
verdadeiro desafio, que se não é atingido, pode levar a empresa à
paralisia (falta de inovação) ou à perda de foco e estrutura (excesso
de idéias).

No Portal O Gerente,
já tenho uma lista de 18 projetos que pretendo executar no curto (até 6
meses), médio (6-12 meses) e longo (12-24 meses) prazos. Como a mão de
obra e os recursos ainda são limitados, passo pelo dilema que citei
anteriormente: como levar os novos projetos adiante sem deixar de lado
o dia a dia do negócio.

Para administrar esta situação, sigo um processo de trabalho que me
ajuda a buscar este equilíbrio. Acredito que este modelo serve para
empresas de diversas áreas, e se encaixa muito bem com empreendedores
que possuem um ímpeto por inovar constantemente:

Idealizar: Etapa na qual as idéias e projetos são definidos.

Priorizar: Determinar quais projetos serão executados no curto, médio e longo prazos.

Focar: Fase na qual o projeto é desenvolvido, e
muita energia do empreendedor é colocada nele. O projeto é concebido de
forma a permitir que sua operação do dia-a-dia possa ser executada por
terceiros (funcionários, clientes, etc.). Também são definidas métricas
que permitirão o acompanhamento dos resultados no futuro.

Delegar: A rotina do resultado do projeto é
delegada, e o empreendedor pode voltar à inovação, monitorando os
resultados de projetos anteriores através das métricas.

O conceito mais importante neste processo é que todos os projetos
desenvolvidos devem ser desenhados para que o não amarrem o dia-a-dia
do empreendedor inovador. Se o produto de um projeto será um bloqueio
para as atividades de inovação futuras, o projeto deve ser repensado.

E você, como encara a inovação sem perder vista do que já está desenvolvido e funcionando na empresa?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s