Marcopolo exporta mais 32 ônibus para os Emirados Árabes Unidos

Diário do Transporte

Marcopolo Paradiso Marcopolo Paradiso 1200. Encarroçadora brasileira realiza a venda de 32 unidades para transportadora dos Emirados Árabes Unidos. Por trafegar em regiões muito quentes e com poeira, servindo trabalhadores de multinacional de gás e petróleo, estrutura é reforçada nos ônibus. Vidros colados são duplos e há isolamento especial térmico e acústico. Foto: Júlio Soares – Divulgação Marcopolo.

Marcopolo exporta mais 32 Paradiso para Emirados Árabes Unidos
Já é o terceiro lote para a operadora AVIS
ADAMO BAZANI – CBN
A encarroçadora brasileira de ônibus Marcopolo anunciou nesta segunda-feira, dia 17 de março de 2014, que vai exportar mais 32 ônibus para os Emirados Árabes Unidos.
A encomenda deve ser entregue até outubro, segundo a fabricante.
Os veículos são do modelo Marcopolo Paradiso 1200, da Geração Sete, encarroçados sobre chassi Scania K410 – 4X2 (dois eixos). As unidades serão usadas pela empresa AVIS para fretamento. A companhia vai fazer com os veículos…

Ver o post original 251 mais palavras

Anúncios

Infográfico aponta Rivaldo como o jogador mais injustiçado da história

Por Victor Javoski
Globoesporte.com

Companheiros no badalado ataque dos 100 gols do Palmeiras (no Campeonato Paulista de 1996), Müller ficou perplexo com a ida do meia Rivaldo para o futebol angolano. “Merecia fim de carreira melhor!”. Já Pelé o colocou na lista de 125 maiores jogadores vivos, que elaborou para a Fifa em 2004. Será que Rivaldo, autor de oito gols em Copas, campeão por onde passou, não estaria entre os 20 maiores de todos os tempos?

Analise o infográfico abaixo e comente nas redes sociais: qual o lugar de Rivaldo na história?
(No Twitter, use a hashtag #InjusticaFC )

FONTE: GLOBOESPORTE.COM

 

Jony Ive diz que se demitiria se Apple parasse de inovar

             Jony Ive: se Apple parasse de inovar, chefe de design se demitira

Jonathan Ive, o poderoso chefe de design da Apple, falou sobre o trabalho na Apple, seu processo criativo e sobre Steve Jobs em entrevista ao Sunday Times

São Paulo – Jonathan Ive (ou Jony Ive, como também é conhecido), o poderoso vice-presidente sênior de design da Apple, afirmou que se demitiria caso a empresa parasse de inovar. “Eu pararia. Eu faria coisas para mim e coisas para os meus amigos em minha casa. O padrão precisa ser alto”, afirmou em uma entrevista ao jornal inglês The Sunday Times.

Ive, no entanto, completou dizendo que acha que isso não irá acontecer. “Nós estamos no começo de tempos incríveis, quando um número memorável de produtos será desenvolvido. Quando você pensa na tecnologia e no que ela nos permitiu fazer até agora, e no que ela irá nos permitir fazer no futuro, nós não estamos nem perto do limite”, explicou o designer.

Ive não é um executivo que costuma dar entrevistas (assim como qualquer outro na Apple). Em sua primeira grande entrevista, os tópicos abordados com o designer inglês foram variados.  O homem por traz do design preciso da Apple falou sobre seu processo de criação.
O trabalho de Ive é de “meses e meses e meses”. O início de tudo é sempre se questionar o que um novo produto precisa fazer e como isso deve ser feito.
É exatamente por isso que o executivo fica tão bravo ao ter seu trabalho roubado por outras marcas. “É roubo”, crava Ive na entrevista. “O que é copiado não é apenas o design, são milhares e milhares de horas de esforço”, diz.
Sobre o mercado de tecnologia vestível, Ive não revelou nada. Questionado sobre a possibilidade de a Apple lançar um relógio inteligente, Ive foi curto em sua resposta. “É óbvio que existem boatos sobre nós estarmos trabalhando nisso… e é óbvio que eu não vou falar sobre isso”, disse.

Steve Jobs

Jony Ive afirmou que ainda acha difícil falar sobre Steve Jobs. Os dois eram amigos e ele disse que a morte de Jobs não parece ter sido há tanto tempo para que seja tão fácil falar sobre isso.
Durante a entrevista, ele falou sobre a relação com Jobs, como os dois acreditavam no design da mesma maneira. Ele disse não reconhecer Jobs nos textos que tem lido.
“Tanto foi escrito sobre Steve e eu não reconheço meu amigo em boa parte disso. Sim, ele tinha opiniões precisas. Sim, ele poderia alfinetar. Sim, ele questionava constantemente. ‘Isso está bom o suficiente? Isso está certo?’ Mas ele era tão inteligente. Suas ideias eram ousadas e magníficas”, disse Ive.

FONTE: EXAME

GRANDES CEO’s


Warren Edward Buffett
É um investidor e filantropo americano e o principal acionista, presidente do conselho e diretor executivo da Berkshire Hathaway. Constantemente citado na lista das pessoas mais ricas do mundo
FONTE: Wikipédia

Stephen B. ” Steve ” Burke  CEO e Presidente da NBCUniversal
FONTE: WIKIPÉDIA

Wesley Batista, Presidente.

“Eu, meu irmão e meu pai começamos sem saber. Aprendemos fazendo. E quando você aprende na prática, não tem como só acertar. O importante é acertar mais do que errar”, conta.

FONTE: EXAME

Abilio dos Santos Diniz Presidente do Conselho de Administração da BRF.

FONTE: GOOGLE

Buscas por avião desaparecido já envolvem 25 países

Ministro dos Transportes da Malásia reiterou que investigação aponta para ‘ação deliberada’ dentro da aeronave

As buscas pelo avião da Malaysia Airlines, desaparecido há mais de uma semana, já envolvem esforços de 25 países, informou neste domingo o ministro dos Transportes da Malásia.

Segundo Hishamuddin Hussein, o país fez um apelo a outras nações por mais dados de satélite e de radar para tentar localizar a aeronave. São eles: Casaquistão, Uzbequistão, Quirquistão, Turcomenistão, Paquistão, Bangladesh, Índia, China, Myanmar, Laos, Vietnã, Tailândia, Indonésia, Austrália e França.

Em entrevista a jornalistas, ele agradeceu a colaboração e descreveu o nível de cooperação como “sem precedentes”.

Hussein reiterou ainda o que já havia sido dito pelo primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, no sábado.

Segundo o titutar dos tranportes, a linha de investigação aponta para a ação “deliberada” de alguém “dentro do avião”.

No sábado, as casas do piloto e do copiloto do voo MH370, Zaharie Shah e Fariq Hamid, de 53 e 27 anos, respectivamente, foram revistadas. As autoridades do país também checaram o passado de outros membros da tripulação e passageiros a bordo da aeronave.

De acordo com Hussein, piloto e copiloto não pediram para viajar juntos.

Ele acrescentou que as autoridades estão focando agora em duas possíveis rotas que Boeing 777 teria tomado (ver quadro abaixo). São elas:

  • Um corredor norte que se estende da fronteira do Casaquistão e do Turcomenistão até o norte da Tailândia.
  • Um corredor sul que se alonga da Indonésia até o Oceano Índico

Comunicações desligadas

No sábado, o premiê da Malásia, Najib Razak, afirmou que as comunicações com o avião desaparecido foram “intencionalmente desligadas”.

Segundo ele, os registros de satélite e de radar revelam que a aeronave mudou de rota e poderia ter voado por até sete horas após o último contato com o controle de tráfego aéreo.

“Os movimentos são consistentes com a ação deliberada de alguém no avião”, disse Razak no sábado.

Apesar das indicações, o premiê malaio evitou usar a palavra “sequestro” e afirmou que “todas as possibilidades” estão sendo investigadas.

Ele acrescentou que o avião poderia estar em qualquer lugar do “Casaquistão ao Oceano Índico”.

O voo MH370, da companhia aérea Malaysia Airlines, desapareceu há mais de uma semana com 239 pessoas a bordo quando sobrevoava o Mar do Sul da China, no Sudeste Asiático.

O avião partiu de Kuala Lumpur e deveria aterrisar em Pequim às 0h40 hora local (15h40 de Brasília) no último sábado, 8 de março, quando perdeu a comunicação com as autoridades em solo por volta das 1h20 (hora local).

No sábado, Razak afirmou, em entrevista a jornalistas, que os novos dados de satélite mostram com “um alto grau de certeza” que um dos sistemas de comunicação da aeronave – o Aircraft Communications Addressing and Reporting System, conhecido pela sigla “ACARS”, foi desligado momentos antes de a aeronave alcançar a costa leste da Malásia.

O ACARS é uma ferramenta que permite aos computadores do avião “conversar” com os computadores em solo, retransmitindo informações do voo sobre o funcionamento da aeronave.

CliqueLeia mais:Como é a tecnologia para acompanhar e rastrear um avião?

Pouco tempo depois, na fronteira do espaço aéreo dos controles de tráfego aéreo entre a Malásia e o Vietnã, o transponder do avião – aparelho que emite um sinal de identificação sobre sua localização exata – foi desligado, acrescentou ele.

De acordo com dados de um radar militar, o avião retornou e voou de volta à Malásia antes de tomar a direção noroeste.

Razak também afirmou que um satélite recebeu sinais do avião até às 8h11 hora local (21h11 de Brasília) – mais de sete horas depois que perdeu o contato com o radar – embora não tenha sido possível determinar sua localização exata.
Sistemas de comunicação do avião foram desligados, diz premiê malaio


Buscas por avião desaparecido completam uma semana

‘Nova fase’

Para o premiê da Malásia, as investigações entram agora “em uma nova fase”, que vai focar nos passageiros e na tripulação a bordo.

Na entrevista, o primeiro-ministro da Malásia confirmou muitas das informações que foram divulgadas pela imprensa, nas últimas 48 horas.

Desde o desaparecimento do avião, na semana passada, o governo da Malásia vem enfrentando severas críticas por não falar abertamente sobre os dados e informações existentes até agora.

O governo da China – que tem 153 cidadãos a bordo do avião – pediu para que a Malásia continue fornecendo informações “exatas e completas” sobre a busca.

O Ministério das Relações Exteriores afirmou que enviou técnicos para participarem da investigação e pediu ajuda de outros países e organizações.

Familiares e amigos dos passageiros a bordo do voo MH370 têm sofrido uma espera angustiante por alguma notícia concreta.

Além dos chineses, havia a bordo 38 passageiros malaios, além de cidadãos do Irã, Estados Unidos, Canadá, Indonésia, Austrália, Índia, França, Nova Zelândia, Ucrânia, Rússia, Taiwan e Holanda.


FONTE: BBC BRASIL

MELHORES DO ANO 2014 – REDE GLOBO

O time de estrelas indicadas ao Melhores do Ano divulgou momentos de intimidade com o convite! O Troféu Holofote, homenagem da produção do Domingão do Faustão a todos os indicados, foi o companheiro da selfie do ator Mateus Solano que revelou o novo visual provando que o vilão Félix, Amor à Vida, ficou no passado

SELFIE

O time de estrelas indicadas ao Melhores do Ano divulgou momentos de intimidade com o convite! O Troféu Holofote, homenagem da produção do Domingão do Faustão a todos os indicados, foi o companheiro da selfie do ator Mateus Solano que revelou o novo visual provando que o vilão Félix, Amor à Vida, ficou no passado

FONTE: G1